Pular para o conteúdo principal

Náutico estreia com derrota por 2x1 para o Central no Pernambucano



A competição mudou, mas a frustração pelas derrotas segue mesma. Depois de estrar perdendo na Copa do Nordeste, o Náutico também começou tropeçando no Campeonato Pernambucano 2019. Repetindo os mesmos erros da partida anterior, o Timbu foi derrotado por 2x1 para o Central, no Lacerdão. Os alvirrubros agora se preparam para o duelo perante o Sergipe, terça (22), fora de casa, pela segunda rodada do Nordestão.

Força máxima nos nomes, mas não no futebol. O técnico Márcio Goiano manteve a base titular que jogou contra o Fortaleza, no Regional. Em tese, o que havia de melhor para tentar estrear com vitória no Central. Quando a bola rolou, contudo, o Timbu se mostrou tímido nas ações ofensivas e acuado diante dos ataques da Patativa. Marcando em linha, os visitantes sofreram com os lançamentos nas costas de marcação. Por sorte, a maioria terminou com o bandeira assinalando impedimento.

Assim como na estreia do Nordestão, o Náutico preteriu a troca de passes por baixo para insistir na bola aérea. Bem diferente da velocidade do Central na hora de armar os contragolpes. Em um deles, Giovani Rosa lançou na medida para Leandro Costa tocar de primeira na saída de Luiz Carlos e abrir o placar no Lacerdão. O gol serviu para acordar o Timbu. Nos acréscimos, Wallace Pernambucano soltou uma bomba e acertou o travessão dos mandantes.

Com Rafael Oliveira na vaga de Thiago, o Náutico voltou disposto a manter o mesmo ritmo dos minutos finais da primeira etapa. Lá atrás, o goleiro Luiz Carlos ia testando o coração dos alvirrubros. Foram duas 'quase falhas' seguidas que iam culminando no segundo gol da Patativa. Aos 13, o Timbu reagiu. Hereda cruzou e Matheus Carvalho, que havia entrado minutos antes no lugar de Fábio Matos, fez 1x1.
A festa dos visitantes durou pouco. Após escanteio cobrado, Bruno Oliveira escorou de cabeça e recolocou o Central na frente do placar. O Náutico ainda ensaiou um sufoco nos minutos finais, mas faltou capricho para sair de Caruaru ao menos com um ponto. Mais uma derrota na conta do Alvirrubro. 

Ficha técnica

Central 2

Tom; Dudu Gago, Xandão (Janelson), Bruno Oliveira e Daniel Rodrigues; Fernando Pires, Edson Magal, Paulinho Mossoró e Murilo Rangel; Leandro (Leanderson) e Giovani (Genesis).Técnico: Estevam Soares

Náutico 1
Luiz Carlos; Hereda, Camutanga, Sueliton e Assis; Josa, Luiz Henrique (Maylson) e Jorge Henrique; Thiago (Rafael Oliveira), Fábio Matos (Matheus) e Wallace Pernambucano. Técnico: Márcio Goiano
Local: Lacerdão (Caruaru/PE)

Árbitro: Tiago Nascimento dos Santos. Assistentes: Bruno Cesar Chaves Vieira e Ricardo Jorge Nunes dos Santos Junior. 

Gols: Leandro Costa (36 do 1ºT), Matheus Carvalho (aos 13 do 2ºT), Bruno Oliveira (aos 21 do 2ºT)
Cartões amarelos: Dudu, Xandão, Renan, Tom (C); Camutanga (N)

Público: 2.827 torcedores
Renda: R$ 77.750,00.


Folha de Pernambuco 

Foto: Léo Lemos/Divulgação/Náutico

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com maior público do ano na Arena, Náutico faz decisão contra Afogados pelo Estadual

Superesportes
Decisão. Com a temporada ainda em março, essa já é a palavra mais repetida pelo Náutico em 2018. E neste domingo, os alvirrubros terão mais uma pela frente. Dessa vez, porém, no papel de favorito. Após vencer o milionário Bahia pela Copa do Nordeste, mantendo as esperanças na Copa do Nordeste, e o perigoso Cuiabá, na Arena Pantanal, avançando a quarta fase da Copa do Brasil, o Timbu recebe o Afogados, às 16h, em uma Arena de Pernambuco que receberá o maior público do clube no ano.
Torcida que não quer ver, e nem imagina, que a lua de mel com o time se quebre com uma eliminação precoce frente um clube intermediário. Afinal, além de ter se classificado em primeiro lugar na primeira fase do Estadual, o Náutico vem se mostrando competitivo sempre que foi testado sob pressão até aqui. 
Além disso, se o Campeonato Pernambucano não traz uma boa cota de premiação, pagando R$ 1 milhão ao Náutico sem bônus extra em caso de título (ao contrário da Copa do Brasil, por exemplo, onde o t…

Melhores momentos de Náutico 1 x 0 Bahia - Copa do Nordeste 10/03/2018

Ricardinho, do Guarani, fica de dar resposta ao Sport na terça-feira

do Futebol Interior 
A partida desta segunda-feira, contra o Coritiba, às 18 horas, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, na abertura da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, pode ser a última de Ricardinho pelo Guarani. Com proposta do Sport em mãos, o volante vai definir seu futuro na terça-feira.
A diretoria rubronegra encaminhou uma proposta ao empresário de Ricardinho, Cândido Neto, na última sexta-feira e aguardava uma resposta ainda neste final de semana. O volante, porém, adiou sua decisão e se colocou à disposição do técnico Umberto Louzer para o jogo desta segunda-feira, diante do Coxa. Ele já está confirmado entre os titulares.
O Guarani não tem interesse em liberar Ricardinho, cujo vínculo vai até o fim do ano, se não receber a multa rescisória - cerca de R$ 1 milhão -, mas o jogador teria ficado balançado com a proposta do Sport, que é mais vantajosa financeiramente.

O relacionamento entre os dois clubes é bom. Na semana passada, o Sport liberou o lateral-direito F…