Pular para o conteúdo principal

Santa Cruz vence o Operário e leva vantagem para jogo no Paraná


Foi no sufoco e com apenas um gol de vantagem em cima do Operário-PR. A vitória do Santa Cruz neste domingo (19), diante de um público de 49.456 pagantes, deixa o Tricolor na frente na corrida por uma vaga na Série B de 2019. O time joga agora por um empate para festejar o acesso e avabçar no Campeonato Brasileiro da Série B. 

O próximo confronto acontece no Estádio Germano Krüger, em Ponta Grossa, no Paraná, no próximo domingo (26). Se o Santa vencer ou empatar, passa à Série B. Se perder por um gol de diferença, a decisão vai para os pênaltis. 

O JOGO – O clima foi especial. Diante de quase 50 mil pessoas, a Cobra Coral fez valer o mando de campo e largou na frente por uma vaga na Série B de 2019. Com gol marcado ainda no primeiro tempo, o time coral venceu por 1x0 e agora joga por um empate no próximo fim de semana, na cidade de Ponta Grossa.
Como era esperado, o Santa Cruz foi senhor das ações no início do jogo. Com o Operário apostando num time mais precavido, o Mais Querido tratou de utilizar a movimentação principalmente do trio de ataque para incomodar os paranaenses. As oportunidades começaram a surgir principalmente dos pés de Jailson, que teve uma grande atuação nas costas do lateral-direito Léo.
Logo nos primeiros 20 minutos, o volante Índio sentiu a coxa esquerda e foi substituído por Erick. Sem oportunidades de contra-ataque, restou ao Fantasma o bloqueio das investidas corais, abusando das faltas cometidas. Tentando dar trabalho à defesa adversária, o Santa Cruz passou a arriscar em chutes fora de área, principalmente na bola parada.
O panorama foi mudado na volta do intervalo. Saindo um pouco mais para o jogo, o Operário passou a exigir do goleiro Ricardo Ernesto. O treinador coral, na tentativa de preencher bem o meio-campo, mexeu em duas peças e criou um fator novo com as entradas de Charles e Maílton, deslocando Jailson para a armação de jogadas. 
Com o fim se aproximando, as equipes passaram a arriscar menos e o jogo foi ficando mais lento. Mesmo no prejuízo, o Operário se mostrava satisfeito com a vantagem mínima construída pelo Tricolor. E desta maneira, com apenas um gol no marcador, o juiz encerrou o jogo no José do Rego Maciel.
Do site da Rádio Jornal e Coral Net
Foto: Rodrigo Baltar

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com maior público do ano na Arena, Náutico faz decisão contra Afogados pelo Estadual

Superesportes
Decisão. Com a temporada ainda em março, essa já é a palavra mais repetida pelo Náutico em 2018. E neste domingo, os alvirrubros terão mais uma pela frente. Dessa vez, porém, no papel de favorito. Após vencer o milionário Bahia pela Copa do Nordeste, mantendo as esperanças na Copa do Nordeste, e o perigoso Cuiabá, na Arena Pantanal, avançando a quarta fase da Copa do Brasil, o Timbu recebe o Afogados, às 16h, em uma Arena de Pernambuco que receberá o maior público do clube no ano.
Torcida que não quer ver, e nem imagina, que a lua de mel com o time se quebre com uma eliminação precoce frente um clube intermediário. Afinal, além de ter se classificado em primeiro lugar na primeira fase do Estadual, o Náutico vem se mostrando competitivo sempre que foi testado sob pressão até aqui. 
Além disso, se o Campeonato Pernambucano não traz uma boa cota de premiação, pagando R$ 1 milhão ao Náutico sem bônus extra em caso de título (ao contrário da Copa do Brasil, por exemplo, onde o t…

Melhores momentos de Náutico 1 x 0 Bahia - Copa do Nordeste 10/03/2018

Ricardinho, do Guarani, fica de dar resposta ao Sport na terça-feira

do Futebol Interior 
A partida desta segunda-feira, contra o Coritiba, às 18 horas, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, na abertura da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, pode ser a última de Ricardinho pelo Guarani. Com proposta do Sport em mãos, o volante vai definir seu futuro na terça-feira.
A diretoria rubronegra encaminhou uma proposta ao empresário de Ricardinho, Cândido Neto, na última sexta-feira e aguardava uma resposta ainda neste final de semana. O volante, porém, adiou sua decisão e se colocou à disposição do técnico Umberto Louzer para o jogo desta segunda-feira, diante do Coxa. Ele já está confirmado entre os titulares.
O Guarani não tem interesse em liberar Ricardinho, cujo vínculo vai até o fim do ano, se não receber a multa rescisória - cerca de R$ 1 milhão -, mas o jogador teria ficado balançado com a proposta do Sport, que é mais vantajosa financeiramente.

O relacionamento entre os dois clubes é bom. Na semana passada, o Sport liberou o lateral-direito F…