Pular para o conteúdo principal

Santa Cruz sai na frente, mas fica no empate na estreia da Copa do Nordeste

(Foto: Filippe Araújo / ADC)

O TIME – O técnico Júnior Rocha já avisou: não é muito adepto do mistério. Sendo assim, confirmou previamente a equipe que iria entrar em campo na primeira partida do ano. Porém, não pôde contar com o zagueiro Augusto Silva, que não foi regularizado no tempo necessário e ficou de fora do time. Além dele, o atacante Grafite não esteve disponível, já que deve aproveitar este início de temporada para aprimorar a parte física. O Santa Cruz foi escalado com Tiago Machowski; Vítor, Genílson, Renato Silveira e Paulo Henrique; João Ananias, Jorginho, Daniel Sobralense e Arthur Rezende; Robinho e Augusto.
O JOGO – Os minutos iniciais foram dos mandantes tomando iniciativa do jogo. Porém, o Santa Cruz mostrou organização principalmente sem a bola, com uma linha de quatro no meio formada por João Ananias, Arthur Rezende, Augusto e Robinho. O volante Jorginho fazia a proteção à frente da zaga, enquanto Daniel Sobralense foi escolhido para realizar a função da referência no ataque. 
Com muitas dificuldades de criação, um dos que mais tentavam pelo lado da Cobra Coral era o atacante Robinho, pelo lado esquerdo. Sem achar muito espaço à frente, o Confiança pecava no último passe e à medida que o tempo passava, o jogo ficava cada vez mais equilibrado. 
Na frente do placar, o time pernambucano voltou com uma postura mais defensiva para o segundo tempo, fazendo com que o Dragão de Aracaju tomasse as ações da partida e buscasse o gol de empate. Com tudo igual, a dificuldade em oferecer perigo permaneceu nas duas equipes, ficando mais evidente na Cobra Coral, apresentando deficiência por não contar com uma peça para reter a bola no último terço de campo.
GOLS –  O Mais Querido abriu o placar no finalzinho do primeiro tempo. Em falta cobrada por Arthur Rezende, o volante Jorginho surgiu na área e cabeceou para o gol. O lance gerou muitas reclamações dos donos da casa, já que o goleiro Genivaldo tentou salvar e questionou que a bola não entrou. Aos 13 minutos do segundo tempo, veio o empate do clube sergipano: Radar bateu escanteio e Frontini, ganhando disputa com Renato Silveira, testou com muita força para igualar o marcador. 
MODIFICAÇÕES – As duas primeiras substituições do treinador coral foram de ordem física. Por volta dos 26 minutos da etapa final, o meia Daniel Sobralense saiu se queixando dores para a entrada de Jeremias. Minutos depois, Paulo Henrique caiu no gramado levando a mão na perna esquerda e solicitou substituição. Para o seu lugar, o prata da casa Weslley Alcântara foi acionado. Também desgastado fisicamente, Jorginho deu lugar a Lucas Gomes nos minutos finais de jogo. 
do site Coral Net

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com maior público do ano na Arena, Náutico faz decisão contra Afogados pelo Estadual

Superesportes
Decisão. Com a temporada ainda em março, essa já é a palavra mais repetida pelo Náutico em 2018. E neste domingo, os alvirrubros terão mais uma pela frente. Dessa vez, porém, no papel de favorito. Após vencer o milionário Bahia pela Copa do Nordeste, mantendo as esperanças na Copa do Nordeste, e o perigoso Cuiabá, na Arena Pantanal, avançando a quarta fase da Copa do Brasil, o Timbu recebe o Afogados, às 16h, em uma Arena de Pernambuco que receberá o maior público do clube no ano.
Torcida que não quer ver, e nem imagina, que a lua de mel com o time se quebre com uma eliminação precoce frente um clube intermediário. Afinal, além de ter se classificado em primeiro lugar na primeira fase do Estadual, o Náutico vem se mostrando competitivo sempre que foi testado sob pressão até aqui. 
Além disso, se o Campeonato Pernambucano não traz uma boa cota de premiação, pagando R$ 1 milhão ao Náutico sem bônus extra em caso de título (ao contrário da Copa do Brasil, por exemplo, onde o t…

Melhores momentos de Náutico 1 x 0 Bahia - Copa do Nordeste 10/03/2018

Ricardinho, do Guarani, fica de dar resposta ao Sport na terça-feira

do Futebol Interior 
A partida desta segunda-feira, contra o Coritiba, às 18 horas, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, na abertura da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, pode ser a última de Ricardinho pelo Guarani. Com proposta do Sport em mãos, o volante vai definir seu futuro na terça-feira.
A diretoria rubronegra encaminhou uma proposta ao empresário de Ricardinho, Cândido Neto, na última sexta-feira e aguardava uma resposta ainda neste final de semana. O volante, porém, adiou sua decisão e se colocou à disposição do técnico Umberto Louzer para o jogo desta segunda-feira, diante do Coxa. Ele já está confirmado entre os titulares.
O Guarani não tem interesse em liberar Ricardinho, cujo vínculo vai até o fim do ano, se não receber a multa rescisória - cerca de R$ 1 milhão -, mas o jogador teria ficado balançado com a proposta do Sport, que é mais vantajosa financeiramente.

O relacionamento entre os dois clubes é bom. Na semana passada, o Sport liberou o lateral-direito F…