Pular para o conteúdo principal

Joinville leva título inédito da Liga Nacional de Futsal


Sport TV

Depois do empate em 1 a 1 no primeiro jogo da decisão, o Joinville precisava vencer Assoeva em casa para conquistar pela primeira vez o título da Liga Nacional de Futsal. Novo empate levava a decisão para a prorrogação. A torcida do Joinville lotou o Centreventos Cau Hansen, mas a Assoeva se manteve firme durante toda a partida, que acabou 2 a 2 no tempo normal. Nos dez minutos extras, o Joinville tinha a vantagem do empate por ter melhor campanha. Com brilho do goleiro Willian, a equipe mostrou força na defesa e decidiu o título com gol de Jackson Samurai no finalzinho. O jogador já havia marcado os outros dois gols.

- Estou arrepiado. Sabia que aqui em casa a gente seria muito forte. Eles mostraram força, mas nós soubemos jogar muito bem e dar o título para essa torcida - disse Jackson.

No tempo normal, a Assoeva não se intimidou com a pressão dos donos da casa e abriu o placar da final com Valdin, que driblou o goleiro Willian com categoria e chutou quase sem ângulo para a rede. O empate do Joinville veio ainda no primeiro tempo, em um chute de longe de Jackson Samurai. Eka, no meio do caminho, desviou propositalmente e foi decisivo para o gol. Mas a arbitragem anotou gol de Jackson Samurai.

No segundo tempo, a decisão continuou tensa, com o Joinville pressionando bastante. O gol de desempate surgiu a cinco minutos do fim, em nova bomba de Jackson Samurai, dessa vez sem desvio.

A torcida do Joinville fez a festa como se o título fosse apenas questão de tempo, mas a Assoeva voltou a mostrar força logo em seguida: Valdin marcou mais um.

Na prorrogação, os goleiros Willian e Deko fizeram belas defesas. Melhor para o defensor do Joinville, que tinha a vantagem do empate e foi um dos heróis da conquista. A Assoeva ainda tentou o tudo ou nada com goleiro-linha, mas a defesa do Joinville não deu chances aos rivais. Até que Samurai explodiu de vez a torcida local no fim da prorrogação: 1 a 0.

Joinville: Willian, Gabriel, Leco, Junai e Jackson Samurai. Entraram: Fernandinho, Fernando, Fellipe Mello, Xuxa, Eka, Sinésio, João Paulo, Jé

Assoeva: André Deko, Renatinho, Valdin, Daniel e Boni. Entraram: Deividi, ,Jackson, Vagner, Marcílio, Mauricio, Ygor, Axel , Sacon, Douglas

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com maior público do ano na Arena, Náutico faz decisão contra Afogados pelo Estadual

Superesportes
Decisão. Com a temporada ainda em março, essa já é a palavra mais repetida pelo Náutico em 2018. E neste domingo, os alvirrubros terão mais uma pela frente. Dessa vez, porém, no papel de favorito. Após vencer o milionário Bahia pela Copa do Nordeste, mantendo as esperanças na Copa do Nordeste, e o perigoso Cuiabá, na Arena Pantanal, avançando a quarta fase da Copa do Brasil, o Timbu recebe o Afogados, às 16h, em uma Arena de Pernambuco que receberá o maior público do clube no ano.
Torcida que não quer ver, e nem imagina, que a lua de mel com o time se quebre com uma eliminação precoce frente um clube intermediário. Afinal, além de ter se classificado em primeiro lugar na primeira fase do Estadual, o Náutico vem se mostrando competitivo sempre que foi testado sob pressão até aqui. 
Além disso, se o Campeonato Pernambucano não traz uma boa cota de premiação, pagando R$ 1 milhão ao Náutico sem bônus extra em caso de título (ao contrário da Copa do Brasil, por exemplo, onde o t…

Melhores momentos de Náutico 1 x 0 Bahia - Copa do Nordeste 10/03/2018

Ricardinho, do Guarani, fica de dar resposta ao Sport na terça-feira

do Futebol Interior 
A partida desta segunda-feira, contra o Coritiba, às 18 horas, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, na abertura da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, pode ser a última de Ricardinho pelo Guarani. Com proposta do Sport em mãos, o volante vai definir seu futuro na terça-feira.
A diretoria rubronegra encaminhou uma proposta ao empresário de Ricardinho, Cândido Neto, na última sexta-feira e aguardava uma resposta ainda neste final de semana. O volante, porém, adiou sua decisão e se colocou à disposição do técnico Umberto Louzer para o jogo desta segunda-feira, diante do Coxa. Ele já está confirmado entre os titulares.
O Guarani não tem interesse em liberar Ricardinho, cujo vínculo vai até o fim do ano, se não receber a multa rescisória - cerca de R$ 1 milhão -, mas o jogador teria ficado balançado com a proposta do Sport, que é mais vantajosa financeiramente.

O relacionamento entre os dois clubes é bom. Na semana passada, o Sport liberou o lateral-direito F…