Pular para o conteúdo principal

Elenco do Vitória comemora permanência histórica na Série A


Gazeta Esportiva
Vitória continuará na Série A em 2018. O clube baiano perdeu para o Flamengo por 2 a 1, mas o resultado foi o suficiente pra manter a equipe baiana na elite do futebol brasileiro. Por alguns segundo a equipe estava sendo rebaixada, mas o gol da Chapecoense salvou o time rubro-negro. Após o jogo, a emoção foi clara tanto na torcida como nos jogadores.
“Conseguimos permanecer na Série A. A equipe tá de parabéns, agradecer o Mancini e fazer com que a gente tenha um planejamento bom para que o resultado ano que vem seja melhor. O objetivo do clube era permanecer na Série A e nós conseguimos”, afirmou o zagueiro Kanu para a rádio Sociedade AM da Bahia.
“É até difícil de falar. Eu vivo intensamente esse clube, já pe o meu sexto ano no clube. É muito difícil o que passamos mas ano que vem pode ser melhor. E eu faço um pedido , que a diretoria possa mudar o planejamento pro ano que vem. É um pedido de alguém que já tem mais de 100 jogos com a camisa do Vitória. E também queria pedir desculpas pra torcida do Vitória, que não merecia esse sofrimento todo”, falou aos prantos o goleiro Fernando Miguel, bastante emocionado após o apito final.
O Vitória conseguiu se salvar do rebaixamento graças às últimas três rodadas do Campeonato Brasileiro. Na 36° rodada a equipe baiana empatou diante do Cruzeiro, atual campeão da Copa do Brasil, e apesar de ter saído na frente, o ponto foi importante para o Leão da Barra. Logo depois, veio a importante vitória de virada contra a Ponte Preta, resultado que rebaixou o clube de Campinas. Por fim, os três pontos diante do Flamengo garantiu o clube na Série A do ano que vem.
A permanência na elite do futebol brasileiro vai ser comemorada pelos torcedores do clube baiano, mas a diretoria do Vitória deve começar a pensa já no planejamento da próxima temporada, já que é o segundo ano consecutivo que o time se salva nas últimas rodadas. Em 2016, a equipe terminou em 16° e só se livrou porque o Internacional fez uma péssima campanha e foi rebaixamento pela primeira vez na história do clube gaúcho.

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com maior público do ano na Arena, Náutico faz decisão contra Afogados pelo Estadual

Superesportes
Decisão. Com a temporada ainda em março, essa já é a palavra mais repetida pelo Náutico em 2018. E neste domingo, os alvirrubros terão mais uma pela frente. Dessa vez, porém, no papel de favorito. Após vencer o milionário Bahia pela Copa do Nordeste, mantendo as esperanças na Copa do Nordeste, e o perigoso Cuiabá, na Arena Pantanal, avançando a quarta fase da Copa do Brasil, o Timbu recebe o Afogados, às 16h, em uma Arena de Pernambuco que receberá o maior público do clube no ano.
Torcida que não quer ver, e nem imagina, que a lua de mel com o time se quebre com uma eliminação precoce frente um clube intermediário. Afinal, além de ter se classificado em primeiro lugar na primeira fase do Estadual, o Náutico vem se mostrando competitivo sempre que foi testado sob pressão até aqui. 
Além disso, se o Campeonato Pernambucano não traz uma boa cota de premiação, pagando R$ 1 milhão ao Náutico sem bônus extra em caso de título (ao contrário da Copa do Brasil, por exemplo, onde o t…

Melhores momentos de Náutico 1 x 0 Bahia - Copa do Nordeste 10/03/2018

Ricardinho, do Guarani, fica de dar resposta ao Sport na terça-feira

do Futebol Interior 
A partida desta segunda-feira, contra o Coritiba, às 18 horas, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, na abertura da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, pode ser a última de Ricardinho pelo Guarani. Com proposta do Sport em mãos, o volante vai definir seu futuro na terça-feira.
A diretoria rubronegra encaminhou uma proposta ao empresário de Ricardinho, Cândido Neto, na última sexta-feira e aguardava uma resposta ainda neste final de semana. O volante, porém, adiou sua decisão e se colocou à disposição do técnico Umberto Louzer para o jogo desta segunda-feira, diante do Coxa. Ele já está confirmado entre os titulares.
O Guarani não tem interesse em liberar Ricardinho, cujo vínculo vai até o fim do ano, se não receber a multa rescisória - cerca de R$ 1 milhão -, mas o jogador teria ficado balançado com a proposta do Sport, que é mais vantajosa financeiramente.

O relacionamento entre os dois clubes é bom. Na semana passada, o Sport liberou o lateral-direito F…