Pular para o conteúdo principal

Sport empata com o Vasco na Ilha do Retiro

(Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)

Com um jogador a menos praticamente durante toda a partida (Diego Souza foi expulso por reclamação), o Sport empatou com o Vasco por 1x1, na Ilha do Retiro, pela 25ª rodada do Brasileirão. Em outro lance polêmico da arbitragem, o Leão ainda teve um pênalti a favor marcado, onde o árbitro voltou atrás e gerou bastante revolta.

Com o resultado, os rubro-negros ficaram na 14ª colocação, com 30 pontos. O próximo adversário da Série A será o São Paulo, próximo domingo, no Morumbi.  

O JOGO

Diante de um bom e atuante público presente, o Sport iniciou a partida da maneira que se esperava. Com uma marcação precisa no campo de ataque, os rubro-negros pressionavam o Vasco, sem dar espaço, e chegavam forte ao ataque. Desta maneira, a primeira grande chance veio logo aos seis minutos.

Foi quando Rithely deu um lindo cruzamento para André, que, de carrinho, mandou a bola por cima do gol num chute da marca do pênalti. Pouco tempo depois, após cobrança de escanteio, o camisa 90 teve mais uma boa oportunidade de abrir o placar, numa finalização difícil.

Aos 19, no entanto, o árbitro Sandro Meira Ricci expulsou Diego Souza por reclamação e o jogo mudou de panorama. Apesar de o time rubro-negro ter continuado bem no jogo, a equipe naturalmente ficou mais exposta na defesa, até porque continuou em busca do primeiro gol na partida.

E foi justamente num contra-ataque que os cariocas abriram o placar, aos 38, com Nenê. Antes, o Leão já havia criado três boas chances de gol, duas delas em cobranças de falta. No segundo tempo, o Sport até melhorou o seu rendimento. Continuou com muita garra e chegou bastante ao ataque.

Os lances mais perigosos seguiram com finalizações de André, mas a bola teimava em não balançar as redes. Aos 24, mais um lance polêmico na partida. Mena chutou forte, a bola bateu no braço do defensor e o árbitro assinalou pênalti. Porém, acabou voltando atrás depois, para a revolta da torcida e dos jogadores leoninos.

Aos 39, a Ilha do Retiro explodiu quando André – e toda a equipe – foi recompensado com o gol de empate. Nos minutos finais, o time continuou se atirando ao ataque. O auxiliar ainda assinalou um impedimento inexistente de André, que ficaria frente a frente com o goleiro. 

do site oficial do Sport

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com maior público do ano na Arena, Náutico faz decisão contra Afogados pelo Estadual

Superesportes
Decisão. Com a temporada ainda em março, essa já é a palavra mais repetida pelo Náutico em 2018. E neste domingo, os alvirrubros terão mais uma pela frente. Dessa vez, porém, no papel de favorito. Após vencer o milionário Bahia pela Copa do Nordeste, mantendo as esperanças na Copa do Nordeste, e o perigoso Cuiabá, na Arena Pantanal, avançando a quarta fase da Copa do Brasil, o Timbu recebe o Afogados, às 16h, em uma Arena de Pernambuco que receberá o maior público do clube no ano.
Torcida que não quer ver, e nem imagina, que a lua de mel com o time se quebre com uma eliminação precoce frente um clube intermediário. Afinal, além de ter se classificado em primeiro lugar na primeira fase do Estadual, o Náutico vem se mostrando competitivo sempre que foi testado sob pressão até aqui. 
Além disso, se o Campeonato Pernambucano não traz uma boa cota de premiação, pagando R$ 1 milhão ao Náutico sem bônus extra em caso de título (ao contrário da Copa do Brasil, por exemplo, onde o t…

Melhores momentos de Náutico 1 x 0 Bahia - Copa do Nordeste 10/03/2018

Ricardinho, do Guarani, fica de dar resposta ao Sport na terça-feira

do Futebol Interior 
A partida desta segunda-feira, contra o Coritiba, às 18 horas, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, na abertura da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, pode ser a última de Ricardinho pelo Guarani. Com proposta do Sport em mãos, o volante vai definir seu futuro na terça-feira.
A diretoria rubronegra encaminhou uma proposta ao empresário de Ricardinho, Cândido Neto, na última sexta-feira e aguardava uma resposta ainda neste final de semana. O volante, porém, adiou sua decisão e se colocou à disposição do técnico Umberto Louzer para o jogo desta segunda-feira, diante do Coxa. Ele já está confirmado entre os titulares.
O Guarani não tem interesse em liberar Ricardinho, cujo vínculo vai até o fim do ano, se não receber a multa rescisória - cerca de R$ 1 milhão -, mas o jogador teria ficado balançado com a proposta do Sport, que é mais vantajosa financeiramente.

O relacionamento entre os dois clubes é bom. Na semana passada, o Sport liberou o lateral-direito F…