Pular para o conteúdo principal

Seleção Brasileira goleia a Austrália em Melbourne

(Foto:  Lucas Figueiredo/CBF)

A Seleção Brasileira mostrou a força do grupo e superou a Austrália por 4 a 0 nesta terça-feira (13), em Melbourne. Com oito alterações na equipe titular que enfrentou a Argentina na última sexta-feira (9), o Brasil apresentou uma grande atuação coletiva e não deu chances aos anfitriões no estádio Melbourne Cricket Ground. Os gols da goleada brasileira foram marcados por Diego Souza (2), Thiago Silva e Taison.
O JOGO
Do meio da torcida para o gramado, a Seleção Brasileira entrou em campo ligadíssima na partida e abriu o placar logo no primeiro ataque. Após pressionar a saída de bola australiana, Giuliano interceptou o passe da zaga e lançou Diego Souza, que finalizou cruzado para fazer 1 a 0 com apenas 10 segundos de jogo. Sem diminuir o ímpeto, o Brasil manteve a pressão no campo adversário. Aos 28 minutos, Diego Souza chegou a balançar as redes novamente, mas o impedimento foi assinalado pela arbitragem. Com toques envolventes, a Seleção desceu pela esquerda, aos 33 minutos. Coutinho cruzou para a área, Diego Souza ajeitou de letra para Paulinho, que concluiu de primeira, mas sem direção. Com dificuldades para furar a zaga brasileira, a Austrália finalizou pela primeira vez aos 39 minutos, mas o chute de fora da área não levou perigo.
A Seleção Brasileira voltou do intervalo com a mesma postura que iniciou o duelo. Logo com dois minutos, Alex Sandro fez a ultrapassagem, recebeu de Coutinho e acertou a rede pelo lado de fora. Não demorou muito para sair o segundo gol brasileiro. Aos 16 minutos, após cobrança de escanteio de Coutinho, David Luiz carimbou o travessão, a bola continuou viva dentro da área e Thiago Silva usou a cabeça para ampliar, 2 a 0. A Austrália tentou responder aos 23 minutos, mas Diego Alves encaixou o chute de Hrustic. Dois minutos depois, Willian, que acabara de entrar, puxou contra-ataque e tocou para Diego Souza. O atacante parou na grande defesa de Langerak. Aos 29, também vindo do banco, Taison levou a melhor e não deu chances ao goleiro australiano, 3 a 0. No último lance, em escanteio cobrado por Willian, Diego Souza foi no terceiro andar e fechou a goleada, 4 a 0.
BRASIL: Diego Alves; Rafinha, Thiago Silva (Jemerson), Rodrigo Caio e Alex Sandro; David Luiz (Fernandinho), Paulinho (Renato Augusto), Coutinho (Willian), Giuliano (Rodriguinho) e Douglas Costa (Taison); Diego Souza. Técnico: Tite

do site da CBF

Comentários

Postagens mais visitadas deste blog

Com maior público do ano na Arena, Náutico faz decisão contra Afogados pelo Estadual

Superesportes
Decisão. Com a temporada ainda em março, essa já é a palavra mais repetida pelo Náutico em 2018. E neste domingo, os alvirrubros terão mais uma pela frente. Dessa vez, porém, no papel de favorito. Após vencer o milionário Bahia pela Copa do Nordeste, mantendo as esperanças na Copa do Nordeste, e o perigoso Cuiabá, na Arena Pantanal, avançando a quarta fase da Copa do Brasil, o Timbu recebe o Afogados, às 16h, em uma Arena de Pernambuco que receberá o maior público do clube no ano.
Torcida que não quer ver, e nem imagina, que a lua de mel com o time se quebre com uma eliminação precoce frente um clube intermediário. Afinal, além de ter se classificado em primeiro lugar na primeira fase do Estadual, o Náutico vem se mostrando competitivo sempre que foi testado sob pressão até aqui. 
Além disso, se o Campeonato Pernambucano não traz uma boa cota de premiação, pagando R$ 1 milhão ao Náutico sem bônus extra em caso de título (ao contrário da Copa do Brasil, por exemplo, onde o t…

Melhores momentos de Náutico 1 x 0 Bahia - Copa do Nordeste 10/03/2018

Ricardinho, do Guarani, fica de dar resposta ao Sport na terça-feira

do Futebol Interior 
A partida desta segunda-feira, contra o Coritiba, às 18 horas, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, na abertura da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, pode ser a última de Ricardinho pelo Guarani. Com proposta do Sport em mãos, o volante vai definir seu futuro na terça-feira.
A diretoria rubronegra encaminhou uma proposta ao empresário de Ricardinho, Cândido Neto, na última sexta-feira e aguardava uma resposta ainda neste final de semana. O volante, porém, adiou sua decisão e se colocou à disposição do técnico Umberto Louzer para o jogo desta segunda-feira, diante do Coxa. Ele já está confirmado entre os titulares.
O Guarani não tem interesse em liberar Ricardinho, cujo vínculo vai até o fim do ano, se não receber a multa rescisória - cerca de R$ 1 milhão -, mas o jogador teria ficado balançado com a proposta do Sport, que é mais vantajosa financeiramente.

O relacionamento entre os dois clubes é bom. Na semana passada, o Sport liberou o lateral-direito F…