Ricardinho, do Guarani, fica de dar resposta ao Sport na terça-feira


do Futebol Interior 

A partida desta segunda-feira, contra o Coritiba, às 18 horas, no Estádio Brinco de Ouro da Princesa, na abertura da 15ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B, pode ser a última de Ricardinho pelo Guarani. Com proposta do Sport em mãos, o volante vai definir seu futuro na terça-feira.

A diretoria rubronegra encaminhou uma proposta ao empresário de Ricardinho, Cândido Neto, na última sexta-feira e aguardava uma resposta ainda neste final de semana. O volante, porém, adiou sua decisão e se colocou à disposição do técnico Umberto Louzer para o jogo desta segunda-feira, diante do Coxa. Ele já está confirmado entre os titulares.

O Guarani não tem interesse em liberar Ricardinho, cujo vínculo vai até o fim do ano, se não receber a multa rescisória - cerca de R$ 1 milhão -, mas o jogador teria ficado balançado com a proposta do Sport, que é mais vantajosa financeiramente.


O relacionamento entre os dois clubes é bom. Na semana passada, o Sport liberou o lateral-direito Felipe Rodrigues e o volante Fabrício para defenderem o Guarani na sequência da Série B. 


Se Ricardinho sair, ele será mais um titular na campanha vitoriosa da Série A2 do Paulista a deixar o Bugre durante a Série B, se juntando a Bruno Brígido (goleiro), Lenon (lateral-direito), Baraka (volante) e Bruno Nazário (meia).

Comentários

Postagens mais visitadas