domingo, 1 de julho de 2018

Nos pênaltis, Rússia vence e elimina Espanha nas oitavas de final



Na primeira disputa de pênaltis desta Copa, a Rússia ganhou da Espanha por 4 a 3, neste domingo, no estádio Lujniki, em Moscou, e se classificou para as quartas de final. O tempo regulamentar e a prorrogação terminaram empatados por 1 a 1.  


O herói da classificação foi o goleiro Akinfeev, que defendeu cobranças de Koke e de Aspas. A Espanha é a terceira seleção campeã do mundo que dá adeus no Mundial da Rússia, após as quedas de Alemanha e Argentina. 

O rival da Rússia nas quartas de final vai sair do confronto entre Croácia e Dinamarca, na tarde deste domingo. 
A Espanha apostou no seu estilo de toque de bola e saiu na frente aos 11 minutos com gol contra de Ignashevich. Com domínio total da posse de bola, a Fúria controlou o jogo, mas não foi efetiva no ataque. O time não conseguiu criar chances reais de gol. Diego Costa nem apareceu em campo. Na reta final do primeiro tempo, a Rússia buscou o empate. Piqué tocou a mão na bola dentro da área e o árbitro marcou pênalti. Na cobrança, Dzyuba fez 1 a 1 aos 41 minutos. 


Depois do intervalo, a Espanha tentou ser mais perigosa, mas sofreu com a forte marcação russa. O jogo virou ataque contra defesa. Os espanhóis tiveram mais de 75% da posse de bola. No último toque, no entanto, a falha persistiu, e a Fúria não conseguiu voltar a marcar. A melhor chance foi um chute de longe de Iniesta, que entrou no segundo tempo para dar mais criatividade.   



O panorama do jogo seguiu o mesmo na prorrogação. A Espanha teve a bola, mas falhou no ataque. A decisão ficou mesmo para os pênaltis. 

Destak Jornal 

Nenhum comentário:

Postar um comentário