Croácia deve ter desfalques importantes para semifinal contra a Inglaterra

Duas classificações após a disputa de 120 minutos e pênaltis contra Dinamarca e Rússia deixaram sequelas no elenco da Croácia, que na quarta-feira enfrenta a Inglaterra às 15h (de Brasília), em Moscou, pela semifinal da Copa do Mundo. Na briga por uma vaga à decisão, o time não terá o lateral-direito titular e ainda pode perder o goleiro, herói das duas classificações nos pênaltis. 

O lateral-direito Sime Vrsaljko, que joga no Atlético de Madrid e foi titular em todas as partidas da seleção até agora, sentiu dores no joelho direito durante a prorrogação no jogo contra a Rússia, sábado, pelas quartas de final.


Nesta segunda-feira, ele foi submetido a uma série de exames de imagem que constataram a gravidade do problema. Ele ainda é dúvida para o sétimo jogo da Croácia na Copa, seja ele qual for, a disputa pelo terceiro lugar, sábado, ou então a finalíssima, domingo.

A disputa das duas prorrogações também exigiram muito do goleiro Danijel Subasic, que sentiu uma lesão no músculo posterior da coxa direita. Ele foi poupado do treinamento nesta segunda-feira e fará um exame na terça para saber se terá condições de enfrentar a Inglaterra. 

Outro que não treinou foi o zagueiro Dejan Lovren, mas ele não está machucado, apenas foi poupado do trabalho. Contra a Inglaterra, a Croácia disputará sua segunda semifinal de Copa do Mundo na história. A primeira foi em 1998, na França, quando o time perdeu por 2 a 1 para os anfitriões. Na disputa pelo terceiro lugar, a Croácia bateu a Holanda pelo mesmo placar.

Estadão

Comentários

Postagens mais visitadas