domingo, 29 de julho de 2018

Atlético-PR goleia o Vitória e sai da lanterna do Campeonato Brasileiro


Na briga para fugir da zona de rebaixamento, Atlético-PR e Vitória se enfrentaram neste domingo, na Arena da Baixada, às 16h, pela 16° rodada do Campeonato Brasileiro da Série A, e quem se deu melhor foram os donos da casa, que venceram pelo placar de 4 a 0 e saíram da lanterna da competição. Já os visitantes permanecem na parte de baixo da tabela e continuam inconstante no torneio, sem conseguir dois jogos seguidos sem perder ao menos um.
O Jogo- Atuando em casa e precisando urgentemente dar uma resposta aos seus torcedores, já que a vitória do Ceará colocou a equipe na último colocação do campeonato, o Atlético-PR começou a partida já buscando o gol nos primeiros minutos.
A insistência poderia ter dado chance do Vitória abrir o marcador, mas a estratégia da equipe paranaense deu muito certo, já que aos 11 minutos o Furacão abriu o placar com Marcelo Cirino.Em grande jogada do lateral-direito Jonathan, o atacante aproveitou o cruzamento do defensor e cabeceou sem chances para o goleiro do Vitória, que nada pode fazer.
Mesmo com a vantagem, os donos da casa mantiveram o ritmo intenso e buscando o segundo gol. Aos 18 minutos, o atacante Pablo ficou muito perto de aumentar o placar, porém não aproveitou a grande jogada individual de Cirino. ao chutar para fora quando o arqueiro Ronaldo já estava batido no lance.
No entanto, três minutos depois do lance perdido por Pablo, Marcinho não desperdiçou e aumentou o marcador para os donos da casa. Pablo tabelou com Marcelo Cirino, que foi até à linha de fundo e cruzou para o meia-campista, que só teve o trabalho de empurrar para o fundo das redes e dar ainda mais tranquilidade para o Atlético-PR no restante da partida.
Um pouco antes do juiz apitar o fim do primeiro tempo, o volante Wellington, recém-contratado pelo Atlético- PR mostrou que pode ser muito útil para a equipe paranaense evitar o rebaixamento. Aos 47 minutos, o volante apareceu livre para aproveitar o rebote do goleiro Ronaldo e marcar o seu primeiro gol com a camisa do Furacão e o terceiro dos donos da casa na partida.
No segundo tempo, as duas equipes abaixaram bastante a alta intensidade que tiveram no primeiro tempo. Para os donos da casa, o placar elástico dava uma boa margem para que o time jogasse mais cadenciado e deixasse o tempo gastar. Já para o Vitória, a esperança era evitar mais gols sofridos e tentar alguma jogada ofensiva através da bola parada.
No entanto, mesmo tentando evitar um vexame maior, o Vitória não resistiu ao bom ataque do Atlético-PR e tomou o quarto gol. Aos 24 minutos do segundo tempo, Nikão disparou em velocidade, recebeu um belo passe pela esquerda e conseguiu um excelente passe perfeito para Pablo, que marcou de cabeça e acabou com qualquer chance de reação dos visitantes.
da Gazeta Esportiva

Nenhum comentário:

Postar um comentário