domingo, 18 de março de 2018

Floresta vence fora de casa e assume a liderança do Cearense

Gazeta Esportiva
Em partida atrasada da primeira rodada do Campeonato Cearense, o Floresta visitou o Ferroviário e venceu pelo placar de 3 a 0. Com o resultado, o time visitante assume a liderança com 10 pontos, dois a mais que o segundo colocado, Ceará. O time da casa, por sua vez, permanece na vice-lanterna com apenas dois pontos ganhos.
A primeira finalização do jogo foi logo aos três minutos de jogo. Danrley ficou com a sobra após cruzamento afastado pela zaga do Ferroviário e arriscou de primeira, mas mandou para fora. A resposta do time da casa veio só aos 21 minutos, quando Valdo Bacabal matou no peito dentro da área, livre de marcação, mas o árbitro pegou o impedimento.
Aos 35, Bacabal recebeu dentro da área, pela esquerda, e rolou para Valdeci chegar batendo de primeira, mas a bola saiu à direita do gol. Aos 40 foi a vez do Floresta ter boa chance: Cariús recebeu cruzamento de Veraldo e, sozinho, cabeceou para fora.
Aos 46, o time visitante teve a última e melhor chance de primeira etapa. Cariús recebeu na entrada da área e tocou para Ocara, de frente para o gol, sem marcação, bater à direita do goleiro Leo.
Na primeira chance da etapa complementar, aos quatro minutos, o Floresta abriu o placar. Cariús finalizou de fora da área e a bola bateu na trave. Na volta, Felipe Lacerda rolou para Wallace, que mandou para o fundo das redes.
A resposta do Ferroviário veio logo depois, aos seis minutos. Mazinho cruzou da direita na medida para Valdo Bacabal, mas o atacante cabeceou para fora.
Aos 19, Paulo Vyctor recebeu bom passe de Wallace, saiu cara a cara com o goleiro e bateu no canto para fazer 2 a 0 para os visitantes. Aos 30, Edson Cariús invadiu a área, driblou o goleiro e tocou para o gol vazio para ampliar o placar no Estádio Elzir Cabral.
Aos 40, o Floresta quase fez o quarto. Felipe Lacerda invadiu a área pela direita e bateu para boa defesa do goleiro Leo. Aos 42, o Ferroviário ainda teve a chance de diminuir, mas a cobrança de falta de Luís Soares parou na trave.

Nenhum comentário:

Postar um comentário