sexta-feira, 16 de junho de 2017

Brasil x Equador será na Arena do Grêmio


O próximo compromisso da Seleção Brasileira já tem local definido. Brasil x Equador, pelas Eliminatórias da Copa do Mundo Rússia 2018, será na Arena do Grêmio, em Porto Alegre. A partida será no dia 31 de agosto.
A definição do estádio foi anunciada nesta terça-feira (13), durante a transmissão da CBF TV do amistoso Brasil x Austrália, em Melbourne.
O Brasil, já classificado para a Copa, lidera a tabela das Eliminatórias Sul-Americanas para a Copa do Mundo com 33 pontos. São 10 vitórias, três empates e uma derrota em 14 jogos disputados. Já o Equador é o sexto colocado, com 20 pontos.

do site da CBF

Monaco anuncia contratação de ex-goleiro da Seleção Suíça



Gazeta Esportiva

O Monaco anunciou oficialmente a contratação do goleiro Diego Benaglio, ex-Wolfsburg. O suíço, de 33 anos, assinou vínculo válido até 2020, e será goleiro dos atuais campeões franceses por três temporadas.

O jogador fez história vestindo a camisa do Wolfsburg. Ele chegou à Alemanha em 2008, e disputou 259 jogos só no Campeonato Alemão, sendo o segundo arqueiro estrangeiro com mais partidas na competição.

“É uma honra chegar ao Monaco, atual campeão francês. Os resultados da equipe no ano passado foram grandiosos. Estou animado em conhecer o grupo. Vou fazer de tudo para agregar minha experiência à equipe”, declarou Benaglio, relembrando o time que venceu o Francês e chegou à semifinal da Liga dos Campeões.

O goleiro suíço também marcou época na seleção de seu país, tendo sido titular da equipe nas Copas de 2010 e 2014, além de reserva em 2006. Após o Mundial no Brasil, ele se aposentou do time nacional, após disputar 61 partidas.

Além de Benaglio, o Monaco também anunciou a chegada do jovem zagueiro Jordy Gaspar, ex-Lyon. O garoto, de 20 anos, teve poucas chances nos profissionais do clube em que foi revelado e preferiu o acerto com os campeões nacionais.

Quase 12 mil ingressos vendidos para Santa Cruz e Internacional


Em valores promocionais, os ingressos para o duelo entre Santa Cruz e Internacional/RS, válido pela oitava rodada da Série B, tiveram uma grande procura por parte da torcida coral. A vitória sobre o Ceará na última terça (13) deu um novo ânimo aos torcedores, que adquiriram 11.643 entradas até às 19h de quinta-feir a(15).

Com locais descentralizados promovendo as vendas, a expectativa é de que a carga de ingressos promocionais sejam esgotadas em shoppings do Recife. Nas bilheterias do Arruda, os preços sofrerão alterações para o tricolor que for garantir seu lugar nesta sexta(16) e no dia do jogo(17). 

Santa Cruz e Inter duelam por uma vaga no G-4 do Campeonato Brasileiro, lugar este que pertence atualmente ao clube das três cores. Promessa é de um belo jogo e, obviamente, casa cheia. 

Preços ajustados: 

R$ 10,00 (Arquibancada Superior) 
R$ 20,00 (Arquibancada Inferior Meia) 
R$ 40,00 (Arquibancada Inferior Inteira) 
Sócios - Gratuidade ou desconto, dependendo do plano
Horários das bilheterias do Arruda: 
Sexta(15) - 9 às 18h
Sábado(16) - 9 às 17h30.

do site Coral Net

Sport x Vitória: bilheterias abertas nesta sexta-feira

Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife


As bilheterias sociais e do arco da Ilha do Retiro estão abertas desde às 9h desta sexta-feira (16) com ingressos para Sport x Vitória. A partida será realizada no próximo domingo (18), às 19h, pela oitava rodada da Série A do Brasileiro. Os sócios podem comprar os bilhetes com valores reduzidos.
 
Confira preços, horários e pontos de vendas:
 
VALORES
 
Sociais
Exclusivo para sócios - R$ 20
 
Arquibancada frontal
Sócio - R$ 20
Não sócio - R$ 60
Meia entrada - R$ 30
 
Arquibancada sede
Sócio - R$ 15
Não sócio - R$ 40
Meia entrada - R$ 20
 
Cadeira assento especial
Sócio - R$ 40
Não sócio - R$ 100
Meia entrada - R$ 50
Proprietário - R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
Proprietário-sócio - R$ 20
 
Cadeira de ampliação
Sócio - R$ 40
Não sócio - R$ 100
Meia entrada - R$ 50
Proprietário - R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
Proprietário-sócio - R$ 20
 
Cadeira central
Sócio - R$ 50
Não sócio - R$ 120
Meia entrada - R$ 60
Proprietário - R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)
Proprietário-sócio - R$ 20
 
Camarote
Proprietário - R$ 50 (inteira) e R$ 25 (meia)
Proprietário-sócio - R$ 20
 
Conselheiro - R$ 30
 
Visitante - R$ 40 (inteira) e R$ 20 (meia)
 
CRONOGRAMA DE VENDAS
 
ONLINE
 
Sócios
(www.sportrecife.com.br)
 
Público Geral
(www.futebolcard.com.br)
Das 9h de segunda-feira (12) às 19h do domingo (18)
 
 
 
NA ILHA
 
Quinta-feira (15)
Bilheterias das sociais - 9h às 19h
 
Sexta-feira (16) e sábado (17)
Bilheterias das sociais e do arco - 9h às 19h
 
Domingo (18)
Bilheterias sociais - 9h às 20h15 
Bilheterias do arco - 9h às 20h15
Bilheteria do muro - 9h às 20h15
Bilheterias visitantes - 12h às 20h15
 
 
OUTROS LOCAIS:
 
Sexta-feira (16) e sábado (17)
Arena Torcedor Shopping Rio Mar - 9h às 22h
Arena Torcedor Shopping Recife - 9h às 22h
Carol Esportes Areias - 9h às 18h30.

Do site oficial do Sport

Crefisa já gastou quase R$ 100 mi em reforços para o Palmeiras

(PLACAR) - A contratação do volante Bruno Henrique, do Palermo, oficializada pela diretoria do Palmeiras nesta quinta-feira, fez o investimento da Crefisa na montagem do elenco alviverde saltar para quase 100 milhões de reais. A patrocinadora do clube foi acionada para arcar com os 14 milhões de reais exigidos pela equipe italiana para liberar Bruno Henrique em definitivo. O ex-jogador do rival Corinthians firmou acordo até 2020.

O time da patrocinadora cresceu. A empresa já bancou a vinda de outros reforços trazidos neste ano, como o atacante Miguel Borja, o meia Alejandro Guerra, o zagueiro Luan e o lateral-direito Fabiano, além da compra de mais 50% dos direitos econômicos do atacante Dudu. A parceira do Palmeiras bancou ainda R$ 1,5 milhão de luvas ao técnico Cuca para ele retornar ao clube.

O investimento contempla quase um time inteiro, com sete jogadores. O pacote da Crefisa colocou no elenco atual um lateral-direito, dois zagueiros, um volante, um meia e dois atacantes. O valor mais alto foi o investido no colombiano Borja, ex-Atlético de Medellín. O custo incluiu os 33 milhões de reais pagos na transferência – a empresa banca parte do salário dele.

Leila Pereira, dona da Crefisa, contratou outros jogadores que já deixaram o clube. Um deles foi o atacante Lucas Barrios, que tinha salário mensal de 1 milhão de reais, pagos pela patrocinadora. O atacante foi para o Grêmio em fevereiro. Negociado com a Fiorentina por quase 30 milhões de reais, o zagueiro Vitor Hugo era outro “reforço” da empresa.

A patrocinadora master do Palmeiras aumentou sua fatia na compra de jogadores. A troca na presidência do clube, com a saída de Paulo Nobre e a chegada de Maurício Galiotte, deixou a cúpula alviverde mais próxima da empresa. O casal de donos da Crefisa, Leila Pereira e José Roberto Lamacchia, conseguiu em fevereiro se eleger como conselheiros do Palmeiras.

A empresa renovou no começo do ano seu contrato com o clube por mais duas temporadas. Em 2017, vai investir 72 milhões de reaios. Em 2018, o valor salta para 78 milhões.

Apesar das contribuições altas, a escolha e a condução das conversas por reforços são dos membros do futebol do Palmeiras. A Crefisa só é acionada em um segundo momento, para viabilizar a transferência do jogador. O dinheiro é repassado ao clube na compra de propriedades de marketing do Palmeiras.

A contratação de Bruno Henrique exemplifica como funciona esse acordo. A primeira tentativa do Palmeiras foi de trazer o volante por empréstimo, situação rejeitada pelo Palermo. Como o time foi rebaixado à Série B do Campeonato Italiano, o jogador informou sua intenção de sair. Sem opção, o clube foi atrás da Crefisa para viabilizar o negócio. Bruno Henrique aguarda a abertura da janela de transferências, no próximo dia 20, para ser apresentado ao técnico Cuca.


São Paulo se aproxima de contratar Petros e zagueiro equatoriano

(Foto: JUAN CEVALLOS/AFP/Getty)

Goal.com
O São Paulo está perto de anunciar a chegada de dois novos reforços para a sequência do Campeonato Brasileiro. Tratam-se do zagueiro equatoriano Robert Arboleda e do volante Petros. O Tricolor, inclusive, espera um desfecho positivo de ambas as negociações ainda nesta semana ou no máximo na próxima.
Petros tem contrato com o Bétis até 2020, mas manifestou em reunião com os dirigentes do clube espanhol o desejo de retornar ao Brasil. O ex-jogador do Corinthians já teria chego a um acordo salarial com o São Paulo, que ofereceu 2,5 milhões de euros (R$ 9,2 milhões) para adquirir 50% dos direitos econômicos do volante.
Petros, que acabou perdendo a titularidade no último semestre, tem sondagens de outras equipes do futebol europeu, mas está decidido a retornar ao Brasil já que tem planos de se casar e sua namorada mora aqui.
Atrás também de reforçar a zaga, o clube do Morumbi fez uma proposta para comprar o equatoriano Robert Arboleda. O próprio presidente do Universidad Católica de Quito, Miguel Almeida, confirmou a negociação.
“Tem uma oferta que o São Paulo apresentou pelos direitos de Arboleda. Não temos um acordo sobre o valor e sobre a porcentagem que o Universidad Católica pretende manter dos direitos econômicos para uma futura negociação. Estamos negociando e até o fim de semana teremos uma decisão”, disse em entrevista à emissora Frecuencia Deportiva.

Federação Pernambucana completa 102 anos


Pernambuco em festa! Uma das grandes forças do futebol no Brasil, sétima colocada do Ranking Nacional das Federações com 23.489, a Federação Pernambucana de Futebol completa 102 anos de história nesta sexta-feira, 16 de junho. 
Criada para ordenar o crescimento da modalidade e organizar competições pelo Estado, a FPF apareceu no cenário do futebol em 195. Primeiro sob alcunha de Liga Sportiva Pernambucana, seu nome que sofreu diversas modificações até chegar a nomenclatura atual em 1955. Ao longo do tempo, a entidade foi se estruturando, conquistando seu espaço e 57 anos depois da sua fundação inaugurou o Palácio dos Esportes na presença do então presidente da Confederação Brasileira de Desportos, João Havelange.
No Brasileirão, a FPF é representada em todas as divisões da competição tanto no masculino quanto no feminino. Atualmente é presidida por Evandro Carvalho, no cargo desde 2011.
Do site da CBF

China? Europa? Corinthians prevê perdas mínimas em janela após informações

 (Foto: Daniel Augusto Jr/Ag. Corinthians)

Globo Esporte 

Informações obtidas pelo Corinthians nas últimas semanas fazem o clube ter maior tranquilidade em relação a possíveis perdas de jogadores na janela de transferências que se avizinha. A ideia é manter todos os titulares, pelo menos, até o fim da atual temporada.

Ainda sem propostas oficiais recebidas neste mês de junho, o clube convive com sondagens diárias de empresários, equipes estrangeiras e até rivais nacionais. A não ser que uma proposta considerada irrecusável apareça, ninguém do atual elenco deve sair. E, hoje, não há perspectivas de uma oferta do tipo ao Timão.

– Temos uma janela que nos coloca numa exposição muito grande. Se vier uma proposta sensacional temos que conversar com todos os lados. Mas essa não é nossa intenção. O que teve de concreto foi a proposta do Fenerbahçe pelo Rodriguinho (em janeiro). Nós sentamos e discutimos, mas ficou claro que não era o momento ideal, tanto que o Rodriguinho vive um grande momento na carreira. Temos que ter calma, mas, em andamento, não tem nenhuma proposta oficial, só consultas – afirmou o gerente de futebol Alessandro Nunes.

As sondagens mais incisivas envolveram o lateral-esquerdo Guilherme Arana. O Bordeaux, da França, mostrou grande interesse no garoto de 20 anos, mas o Corinthians reiterou que a chance de negócio é mínima neste momento.

Desde a saída de Uendel para o Internacional, em janeiro, a intenção da diretoria era manter Arana, pelo menos, até dezembro – independentemente da fase do jogador dentro de campo. O desejo foi levado a seus empresários, que concordaram com as condições.

A negociação, aliás, não envolveria a compra do zagueiro Pablo, que pertence ao mesmo clube francês. Ele, Balbuena, Maycon e Rodriguinho foram outros alvos de sondagens europeias. Nenhuma se converteu em proposta oficial, no papel.

A China, hoje, não chega a ser uma grande preocupação. A cúpula alvinegra teve o cuidado de entrar em contato com empresários ligados ao mercado asiático. A perspectiva é de propostas tímidas aos clubes brasileiros neste meio de ano – bem diferente do fim de 2015, quando a China levou quatro titulares fundamentais da equipe: Gil, Ralf, Renato Augusto e Jadson.

Com o mercado mapeado, o Corinthians trabalha com a possibilidade de perder, no máximo, um titular – ainda assim, apenas em caso de oferta irrecusável, reitere-se. É consenso entre a diretoria e o técnico Fábio Carille que um novo desmanche praticamente tiraria as chances de busca por título brasileiro e da Copa Sul-Americana.

Enquanto a janela não abre, o Corinthians tenta manter a liderança do Brasileirão neste domingo, contra o Coritiba, às 11h (horário de Brasília), no Couto Pereira.

Coritiba e Bahia ficam no empate sem gols no Couto Pereira pelo Brasileiro


Gazetapress

Em um jogo conturbado, com equilíbrio e poucas chances reais de gol, Coritiba e Bahia ficaram no empate sem gols no Estádio Couto Pereira, pelo Campeonato Brasileiro 2017. Com o resultado, o Coxa segue na terceira colocação, com 14 pontos, ganhos. Já o Tricolor, com 10 pontos, subiu para as sexta colocação.

Na próxima rodada, o Coritiba, sem Kléber, expulso após uma cusparada, recebe o Corinthians, domingo, novamente no Couto Pereira. Já o Bahia terá pela frente o Palmeiras, no mesmo dia, na Arena Fonte Nova, em Salvador.


CORITIBA 0 X 0 BAHIA



CORITIBA
Wilson; Dodô, Werley, Márcio e Thiago Carleto; Alan Santos, Matheus Galdezani e Tiago Real (Iago); Henrique Almeida (Alecsandro), Kleber e Rildo (Tomas Bastos).

Técnico: Pachequinho


BAHIA

Jean; Eduardo, Tiago (Rodrigo Becão), Lucas Fonseca e Matheus Reis; Renê Júnior e Edson; Zé Rafael, Allione (Juninho) e Mendoza; Edigar Junio (Vinícius).

Técnico: Jorginho


Local: Estádio Major Antônio Couto Pereira, em Curitiba (PR)

Data: 15 de junho de 2017, quinta-feira
Árbitro: Wagner Reway (Fifa/MT)
Assistentes: Fabio Rodrigo Rubinho (MT) e Marcelo Grando (MT)
Cartões amarelos: Tiago Real (Coritiba): Renê Junior, Allione, Zé Rafael e Juninho (Bahia)
Cartões vermelhos: Kleber (Coritiba); Edson (Bahia). 

Veja os melhores momentos: