domingo, 26 de novembro de 2017

Náutico: Temporada 2017 do Náutico foi a pior do clube na história do futebol profissional



A derrota por 3 a 0 para o Luverdense, que confirmou o Náutico rebaixado como lanterna da Série B, foi o último capítulo de um ano para se esquecer. E que de tão desastroso entrou para a história. Obviamente pela porta dos fundos. Somando as campanhas obtidas também na Copa do Brasil, Campeonato Pernambucano e Copa do Nordeste, os alvirrubros tiveram um aproveitamento de apenas 35% dos pontos disputados. O que faz da temporada atual a pior do clube no futebol profissional. A marca supera a obtida em 2013, de 36,3%, quando o time foi rebaixado para a Série B somando apenas 20 pontos, na segunda pior campanha da história dos pontos corridos. Os números são do pesquisador Adethson Leite, titular do site Futimbu, com estatísticas do clube da Rosa e Silva.

Voltando ainda mais no tempo vai demorar para que o torcedor encontre um ano tão vergonhoso para o Náutico. A última vez que o clube fechou uma temporada com menos de 40% de rendimento foi há 89 anos, quando o futebol ainda era amador. Em 1928, quando sequer havia conquistado seu primeiro título (o Campeonato Pernambucano de 1934), o Náutico conseguiu apenas 33,3% de aproveitamento, com 14 jogos disputados (quatro vitórias, dois empates e oito derrotas). Vale ressaltar que para padronização, foi adotado o critério atual de três pontos por vitória e um por empate em todos os anos analisados.

O fraco desempenho geral também é refletido em outros aspectos. Ao longo do ano, foram apenas 63 gols marcados, a pior apresentação ofensiva dos últimos 19 anos. A última vez que os atacantes alvirrubros fora tão ineficientes em uma temporada foi em 1998, quando coincidentemente a equipe também foi rebaixada para a Série C. A diferença é que a média de gols atual, de 1,06 por partida, é muito inferior a registrada há 19 anos, com 1,55 por jogo.

Outro número assustador é o desempenho do time como mandante, o pior dos últimos 66 anos. Foram apenas 40,2% dos pontos jogando em casa, número superior apenas ao registrado em 1954, quando o Timbu somou apenas 33,3% dos pontos com a torcida. Não por acaso, o time teve disparadamente a pior campanha da Série B como mandante, com apenas 33,3% de aproveitamento e ao longo do ano chegou a ficar 11 jogos seguidos sem vencer em casa.

O pior Náutico de todos os tempos

Era profissional
2017 - 35% de aproveitamento
2013 - 36,3% de aproveitamento
1938 - 41,1% de aproveitamento
1986 - 43,4% de aproveitamento
1971 - 45% de aproveitamento

Era amadora
1910 - 20,8% de aproveitamento
1925 - 22,2% de aproveitamento
1924 - 23,8% de aproveitamento
1927 - 31,3% de aproveitamento
1928 - 33,3% de aproveitamento

Fonte: Adhetson Leite, pesquisador.

Nenhum comentário:

Postar um comentário