quinta-feira, 19 de outubro de 2017

Sport recebe o Santos na Ilha nesta quinta-feira

Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife

Embalado por recentes boas apresentações no Brasileirão, o Sport enfrenta o Santos nesta quinta-feira (19), às 20h (horário do Recife), na Ilha do Retiro, pela 29ª rodada do campeonato. Com a promessa de casa cheia, o time rubro-negro vai em busca do reencontro com as vitórias como mandante (a última foi o 4x0 sobre o Atlético-GO, em 20 de julho) e dos pontos necessários para se afastar da parte de baixo da tabela – o Leão tem 34 e pode pular até para a 11ª posição.  

Além de recuperar o fôlego no campeonato, o Leão da Praça da Bandeira tem outro “tempero” para o duelo desta quinta: defender um tabu de oito anos contra o Santos. A última vez que o time santista conseguiu vencer o Sport no Adelmar da Costa Carvalho foi na Série A de 2009, por 1x0. Na ocasião, o técnico Vanderlei Luxemburgo, hoje no Rubro-negro Pernambucano, treinava o Peixe.

“Será uma partida muito importante. O Santos (terceiro colocado, com 49 pontos) é um time que sabe jogar e que está brigando pelo título do Brasileiro. Mas eles também sabem que é complicado jogar aqui no Recife.  A gente está atuando em casa indo pra frente e mostrando produtividade. Vai ser um jogo difícil para as duas equipes”, disse o zagueiro Henríquez.

Para essa partida, Luxa tem vários desfalques confirmados e uma dúvida. O lateral-esquerdo Mena e o volante Anselmo receberam o terceiro cartão amarelo e cumprem suspensão. Também não entrarão em campo o atacante Lenis e o zagueiro Ronaldo Alves. O primeiro foi liberado para ir à Colômbia acompanhar o enterro da avó, enquanto o outro foi punido com duas partidas de suspensão pelo STJD. 

A dúvida de Luxa é se poderá ou não contar com o meia Diego Souza. Ele foi punido pelo STJD com duas partidas de suspensão por conta da expulsão no empate por 1x1 com o Vasco. O Sport recorreu da decisão ao Pleno do STJD e aguarda até o meio-dia desta quinta-feira pelo efeito suspensivo.

Em meio aos problemas, o comandante rubro-negro comemora os retornos do atacante André e do volante Wesley, que não atuaram diante do Atlético-MG no último domingo. O primeiro cumpriu suspensão, enquanto o outro se recuperou de um desconforto muscular. 

O paraense Dewson Fernando Freitas da Silva apita o jogo, auxiliado por Fabiano da Silva Ramires (ES) e José Ricardo Guimarães Coimbra (PA).

do site oficial do Sport

Nenhum comentário:

Postar um comentário