quinta-feira, 26 de outubro de 2017

Sport inicia briga pelas semis da Sul-Americana nesta quinta

(Foto: Williams Aguiar/Sport Club do Recife)

De olho em uma vaga nas semifinais da Copa Sul-Americana, o Sport enfrenta o Junior Barranquilla-COL nesta quinta-feira (26), às 20h45 (horário do Recife), na Ilha do Retiro, pelo jogo de ida das quartas de final do torneio. Com expectativa de casa cheia, o Leão da Praça da Bandeira vai em busca de uma vitória que lhe garanta a vantagem para o jogo da volta, no dia 2 de novembro, na Colômbia.

"A gente quer fazer história, ser campeão. Queremos passar dessa fase amanhã e temos que pensar positivo. Temos que esquecer o lado ruim e focar no que importa, que é fazer uma boa partida. O objetivo principal é ajudar o Sport, mas todo atacante quer marcar gols. E eu sei que se eu fizer isso também estarei contribuindo com o Clube. Vamos ver se neste jogo eu chego a artilharia”, disse o atacante André, que é vice-artilheiro da competição, com quatro gols.

O técnico Vanderlei Luxemburgo não poderá contar com o lateral-direito Raul Prata, que sentiu dores da região adutora da coxa esquerda, e o volante Rithely, com dores no tornozelo direito. Além deles, o volante Wesley, o meia Bruno Xavier e o atacantes Osvaldo, que não estão inscritos pelo Leão no torneio, também não entram em campo.

Apesar das ausências, Luxa ressaltou que o time vai com "força máxima" para o duelo ante o time colombiano. O treinador, que ainda não confirmou a escalação rubro-negra e fechou o último treino à imprensa, também destacou a importância do torcedor lotar a Ilha e empurrar a equipe leonina nesta partida decisiva.

 “Vão jogar todos os jogadores que tiverem condições de atuar, exceto quem tiver lesionado e não inscrito. Em momento algum foi falado em poupar. Nós vamos com o que tivermos de melhor. É importante convidar o torcedor para ir à Ilha, fazer o caldeirão. No jogo passado foi isso, mostra o quanto somos fortes em casa. Esse jogo é uma oportunidade de nós crescermos, alavancarmos”, disse comandante leonino.

“Vai ser um jogo difícil. Estamos nas quartas de final e vamos enfrentar uma equipe com ótimos jogadores. Mas iremos atuar na nossa casa. Temos conseguido jogar bem e pressionar o adversário. Mais do que nunca precisamos do apoio do torcedor para conseguir um bom resultado. Temos que jogar em cima e mostrar a força da Ilha do Retiro”, reforçou o meia Diego Souza, que concedeu entrevista coletiva na terça-feira (24).

Fernando Rapallini apita o jogo, sendo auxiliado por Gustavo Rossi e Ezequiel Brailovsky. O trio é a Argentina. 

do site oficial do Sport

Nenhum comentário:

Postar um comentário