terça-feira, 10 de outubro de 2017

Portugal e França garantem vaga na Rússia


Se a Copa do Mundo pode ficar sem Messi, o mesmo risco não se corre mais com relação a Cristiano Ronaldo. Jogando no Estádio da Luz, em Lisboa, Portugal venceu a Suíça, por 2 a 0, e carimbou o seu passaporte para a Rússia. Djourou (contra) e André Silva fizeram os gols da partida. Os suíços ainda sonham com uma vaga na repescagem das Eliminatórias Europeias. 

Para confirmar a vaga nesta terça, Portugal precisou superar a retranca suíça e o dia pouco inspirado de seu maior craque. Cristiano Ronaldo passou quase imperceptível pela partida. Chegou a arriscar bom chute no segundo tempo, mas só apareceu de fato quando ficou de frente para o goleiro Sommer com todo o tempo possível, mas se embananou ao tentar driblá-lo e perdeu a bola.

Com Ronaldo apagado e diante de uma das defesas mais competentes da Europa, Portugal suou no primeiro tempo. O time da casa mantinha a posse de bola, tocava no campo de ataque, mas pouco criava. Somente aos 32, aconteceu a primeira chance. Bernardo Silva recebeu pela esquerda, invadiu a área e encheu o pé, parando em grande defesa de Sommer.

Mas um lance fortuito ajudou os donos da casa e lhes deu a tranquilidade necessária para administrar o confronto. Aos 40 minutos, Eliseu avançou pela esquerda e cruzou. Sommer saiu aos pés de João Mario e tentou afastar o perigo de soco, mas acertou a bola nas pernas de Djourou. Mansamente, ela tomou o caminho das redes suíças.

O gol mudou completamente o panorama do duelo, e Portugal voltou muito melhor para a etapa final. Aos nove, Ronaldo tentou de fora da área, com certo perigo. Mas foi aos 11 que saiu o segundo. Bernardo Silva tabelou com João Moutinho pela direita e tocou no meio da área. A bola passou por todo mundo, menos por André Silva, que ainda teve calma para dominar e finalizar para a rede.
A partir daí, Portugal diminuiu o ritmo e passou a esperar a Suíça, que esbarrava na própria qualidade técnica na hora de criar. Na base da pressão, ainda assustou aos 21, quando Shaqiri bateu de fora da área e Seferovic desviou rente à trave. Mas a última grande chance ainda seria portuguesa, a de Ronaldo, que terminou nos braços de Sommer.

OUTROS RESULTADOS - No Stade de France, em Paris, a seleção francesa, campeã em 1998, também se classificou para a Copa do Mundo. Os Bleus fizeram o dever de casa e com gols de Griezmann e Giroud venceram a Bielorrússia, por 2 a 1. O segundo lugar do grupo A ficou com a Suécia, que mesmo com derrota para a Holanda, na Amsterdã Arena, garantiu um lugar na repescagem. Já a Laranja está fora do Mundial.

A Copa da Rússia é logo ali. Bom, não logo ali, mas está perto. E 19 seleções já garantiram presença na competição que promete parar o mundo no ano que vem. O Brasil, invicto sob o comando de Tite, é uma delas.

do Portal R7, com Agência Estado

Nenhum comentário:

Postar um comentário