terça-feira, 3 de outubro de 2017

Náutico perde Rafael Oliveira e também não deve ter Vinícius para o ataque nesta Série B


Superesportes

A principal suspeita do departamento médico do Náutico se confirmou. O exame de imagem realizado na noite da última segunda constatou que o atacante Rafael Oliveira sofre rompimento dos ligamentos cruzados no joelho direito, após um lance em que ele caiu de mau jeito, enquanto disputava uma bola aérea na partida contra o Boa Esporte, em Caruaru.

“Rafael teve um entorse com lesão completa do cruzado anterior do joelho direito. Antes da cirurgia deve passar por fisioterapia para recuperar parte da amplitude dos movimentos”, explicou o médico Luiz Marcelo, antes de confirmar o prazo de retorno. “Em torno de seis meses.”

Rafael Oliveira foi a última contratação do Náutico e uma das principais esperanças do setor ofensivo na reta final da Série B. A partida contra o clube mineiro era a sua terceira pelo Timbu e ele havia marcado o seu primeiro gol com a camisa alvirrubra, antes de se lesionar ainda no final no primeiro tempo.

Além de Rafael Oliveira, Ávila e Rafael Carioca também foram constatados com lesões. Entretanto, de caráter muscular. Ambos sofreram estiramento na coxa direita e devem retornar entre 10 a 14 dias.

Vinícius

Com um problema lombar crônico, Vinícius é outro jogador que não deve mais defender o Náutico nesta temporada. Artilheiro da equipe na Série B com quatro gols, o atleta tomou um medicamento que é acusado no exame antidoping e, por isso, precisará de mais tempo afastado.

"Vinícius teve um quadro de lombalgia recidivante. A gente teve que fazer uma medição que pega no doping por três semanas. Por isso, esse tempo de afastamento dele. E ele ainda não terá condições de jogo por, pelo menos, um mês. A gente não vai ter previsão de volta mesmo dele. Além da medicação, tem todo o processo físico para ser trabalhado", disse o médico Luiz Marcelo. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário