domingo, 10 de setembro de 2017

Salgueiro vence o Remo, mas perde a classificação

(Foto: Ivo Ferraz/ TV Grande Rio )

Globo Esporte

Remo e Salgueiro se enfrentaram neste sábado, no Cornélio de Barros, pela 18º e última rodada do Brasileirão da Série C do Brasileiro. Com foco na classificação, o Carcará não desperdiçou o jogo em casa e somou mais três pontos com a vitória em cima do Remo. O jogo terminou em 2 a 1, com gols de Álvaro e Jean Carlos no primeiro tempo para o Salgueiro e de Leandro Silva para o Remo, no último minuto da partida.

Com o resultado, o Salgueiro ocupa a quinta posição na tabela com 24 pontos. Enquanto que o Remo, deixa o G4 e fica na 7º colocação, com 22 pontos. Os dois não conseguem a classificação e são eliminados da competição.

O Jogo

No primeiro tempo, o Carcará perdeu uma chance clara de gol logo aos 8 minutos. Em seguida, aos 10, Cássio ficou a cara a cara com o goleiro Vinícius e chutou para fora. Mas foi aos 25 que o Salgueiro conseguiu balançar pela primeira vez a rede do azulino. Álvaro bateu no canto e abrindo o placar no Cornélio de Barros. Aos 37 minutos, Martony desviou de cabeça contra a própria meta, Vinícius fez a defesa, mas a sobra ficou com Jean Carlos, que fez o segundo gol do Salgueiro. O Remo até tentou reagir, mas mostrou pouco poder ofensivo. A maior chance saiu dos pés de Edgar, que chutou no travessão aos 18.

Na volta do intervalo o Remo parecia perdido em campo, enquanto que o Salgueiro corria atrás do terceiro gol. Aos 10 minutos, Jean Carlos entra na área do azulino, driblou o goleiro Vinícius e chutou, mas a bola bateu na rede pelo lado de fora. Aos 20 minutos, o Remo fez a sua primeira chegada, quando Flamel tabela com Edgar no ataque, entrou na área e chutou, mas Mondragon fez a defesa. O Carcará, com o resultado favorável, soube administrar a partida. O Leão, mesmo quando chegava ao ataque, levava pouco perigo. Apesar disso, conseguiu diminuir aos 48 com o zagueiro Leandro Silva, aproveitando escanteio. O árbitro encerrou a partida logo em seguida.

Nenhum comentário:

Postar um comentário