segunda-feira, 5 de setembro de 2016

Givanildo Oliveira assume o comando do Náutico pela quarta vez

Gazeta Esportiva
Após a demissão do técnico Alexandre Gallo, o Náutico agiu rápido e anunciou, neste segunda-feira, a contratação de Givanildo Oliveira para assumir o cargo. Esta será a quarta passagem do pernambucano pelo Timbu – a última foi em 2003 –, que já comandou em 95 jogos.
Conhecido como o Rei do Acesso, o treinador de 68 anos tem no currículo seis subidas de divisão. A mais recente foi no ano passado, quando, no comando do América-MG, finalizou a Segundona em quarto lugar e garantiu a vaga na Série A. A equipe, inclusive, foi campeã mineira de 2016.
Givanildo, velho conhecido dos alvirrubros, já comanda o Náutico no próximo sábado, contra o Bahia, na Arena Pernambuco, às 16h30 (de Brasília), pela 24ª rodada da Série B. Com contrato até o final da campanha deste ano, o técnico encontra o time na oitava colocação, com 31 pontos, sete atrás do CRB, último colocado do G4.
Confira os outros acessos de Givanildo José Oliveira:
1997 – da Série B para a Série A (América-MG, campeão)
2001 – da Série B para a Série A (Paysandu, campeão)
2005 – da Série B para a Série A (Santa Cruz, vice-campeão)
2006 – da Série B para a Série A (Sport, vice-campeão)
2009 – da Série C para a Série B (América-MG, campeão)

Ingressos promocionais para Santa Cruz e Chapecoense estão à venda


Coral Net

O Santa Cruz conseguiu um novo ânimo quando derrotou seu maior rival, o Sport, na Copa Sul-Americana e avançou para as oitavas de final da competição intercontinental. Agora, com a motivação renovada, terá um compromisso importante pelo Campeonato Brasileiro, onde precisa urgentemente de uma reação. O Tricolor do Arruda enfrenta a Chapecoense/SC, na quarta-feira (7) – feriado nacional – às 16h, na Arena de Pernambuco. A partida é válida pela 23ª rodada.
Precisando de uma reabilitação na Série A e embalado pelo triunfo na Sula, o Santa tem os ingredientes perfeitos para atrair sua torcida. Pensando nisso, a diretoria do clube já inicia a venda dos ingressos nesta segunda-feira (5). Para receber ainda mais torcedores, bilhetes com preços promocionais estarão à disposição. No entanto, o “desconto” só é válido até a terça-feira.
Apenas a parte inferior da Arena será aberta. As entradas da área sul só serão comercializadas se os ingressos para outros setores forem esgotados. As bilheterias do Arruda funcionam nesta segunda-feira das 9h às 18h e na terça, das 9h às 19h. No dia da partida, as entradas só poderão ser compradas na Arena de Pernambuco das 12h às 16h45.
Confira os valores dos ingressos:
Setor Leste
Inteira - 40 reais
Meia-entrada - 20 reais
Promocional - 20 reais (até terça-feira)
Sócio - 20 reais
Sócio Promocional - 15 reais (até terça-feira)
Setor Norte
Inteira - 30 reais
Meia-entrada - 15 reais
Promocional - 15 reais (até terça-feira)
Sócio - 15 reais
Sócio Promocional - 10 reais (até terça-feira)

Moto Club, CSA e São Bento também conseguem acesso à série C

(Foto: Rodrigo Corsi/FPF)

(PLACAR) - Depois do Volta Redonda, no sábado (3), foram definidos os últimos clubes a conseguirem acesso à série C do Campeonato Brasileiro neste domingo (4).  O primeiro time a conseguir a vaga foi o CSA. Após ter vencido, em Itu, por 2 x 1, o CSA voltou a vencer o Ituano, em Maceió, por 1 x 0, e ficou com o segundo acesso.

O time não disputava a série C desde 2008. Como não foi um dos melhores classificados do torneio naquele ano, desde 2009 joga a série D. Só não participou em 2011, 2014 e 2015. Voltou neste ano e garantiu acesso. O segundo time foi o paulista São Bento. Jogando em Sorocaba, o time do interior venceu o Itabaiana, do interior sergipano, por 2 x 0. Na partida de ida, o clube paulista já havia vencido por 1 x 0.

A última participação da equipe na série C fora em 1992. Deste então, não havia jogado mais nenhum torneio nacional do tipo. Voltou para a série D em 2016 e já conseguiu o acesso. O último time a conseguir o acesso, no duelo mais equilibrado, foi o Moto Club. Após empate em 2 x 2 em Maranhão, na cidade de São Luís, o time venceu o Atlético-AC na Arena da Floresta, em Rio Branco, por 2 x 1, e ficou com a vaga.

Desde 2005, a equipe não jogava a série C. De 2009 a 2016, participou da série D em três oportunidades. Quase conseguiu o acesso em 2014, mas ficou em sexto, perdendo para o Tombense-MG. Desta vez, o time do Maranhão conseguiu o acesso. Com o Sampaio Corrêa na lanterna da série B, com muitas chances de rebaixamento, o clássico maranhense pode voltar a acontecer na série C de 2017.

Gallo é demitido pelo Náutico após reunião de diretoria


Alexandre Gallo não é mais treinador do Náutico. Ele não resistiu à derrota do Timbu para o Sampaio Corrêa, no último sábado, e deixa o comando da equipe em meio à disputa da Série B. Treinador foi demitido após uma reunião da direção do Timbu, neste domingo. A informação foi confirmada pelo clube por meio de suas redes sociais. O pernambucano Givanildo Oliveira está na mira do clube para ser o substituto de Gallo.
Contratado pelo Náutico após a queda no Pernambuco, Gallo comandou a equipe em 25 jogos. Foram 11 vitórias, quatro empates e 10 derrotas. Outro fator pode ter influenciado a decisão da diretoria: as seis mudanças que o treinador fez no último jogo. Gallo decidiu barrar atletas importantes para a partida diante do Sampaio Corrêa, como Júlio César, Rafael Pereira, Bergson e João Ananias. As mudanças não surtiram efeito e não pegaram bem dentro do grupo. O Timbu acabou derrotado pelo lanterna da Série B - mesmo com as alterações de Gallo.
Globo Esporte

Vera Cruz bate o Íbis na estreia da segundona


Por Marcio Souza, Futebol no Domingo

O Vera Cruz estreou bem no Campeonato Pernambucano Sub-23 (segunda divisão) ao vencer o Íbis por 4x2, na noite do último sábado, em Carpina. Jogando no Estádio Paulo Petribu, as equipes realizaram uma partida muito acirrada do início ao fim. Com o resultado, o Galo vitoriense está na terceira colocação na tabela, atrás de Afogados da Ingazeira e Barreiros, que venceram na primeira rodada e não sofreram gols. O Íbis, por sua vez, é o sétimo, sem nenhum ponto, à frente de Ferroviário do Cabo e Timbaúba, oitavo e nono colocado, respectivamente. 

Quem abriu o placar no Paulo Petribu foi o Vera Cruz. Aos 15, Rafinha recebeu um bom passe de Samuel e gingou em cima de dois marcadores. Ao encontrar o ângulo perfeito para o chute, o atacante estufou as redes. Dois minutos depois, Rafinha foi derrubado pelo goleiro Rodrigo. Pênalti. Ele mesmo cobrou e fez o segundo do Vera na partida. Ainda no primeiro tempo, o Galo chegou ao terceiro com Samuel. 

O resultado já entusiasmava o técnico Vito Capuccho, mas o Pássaro Preto foi pra segunda etapa para dar preocupação ao treinador. Com outra postura, o Íbis começou impondo velocidade e conseguiu diminuir o placar em poucos minutos. Aos 2 minutos, Washington recebeu bola na pequena área e chutou sem defesa para a meta do goleiro Vinícius. Fábio Recife não cochilou e fez o segundo dos anfitriões. O técnico visitante promoveu alterações para conter os donos da casa. 

Os dois gols imediatos deram ânimo ao "pior time do mundo" que insistiu nas transições ofensivas, mas apesar do perigo constante não conseguiu igualar o resultado. Em um contra-ataque perto do fim, Wendell aumentou o placar para a equipe de Vitória de Santo Antão, aos 37 minutos, conquistando os primeiros 03 pontos do tricolor vitoriense na competição.   

O Vera Cruz volta a jogar no dia 17 de setembro, contra o Afogados da Ingazeira, no Carneirão. O time folga neste meio de semana, na segunda rodada. 

Veja os melhores momentos:

Em Timbaúba, Afogados vence os donos da casa

(Foto: Reprodução/Facebook). 

Na abertura do Campeonato Pernambucano Série A2, o Timbaúba recebeu o Afogados, neste sábado (03), no Estádio João Ferreira Lima. A equipe visitante mostrou um bom futebol e venceu os donos da casa pelo placar de 4 x 0.
No primeiro tempo, o Afogados pressionou a equipe local e aos 18 minutos de jogo abriu o marcador com Paulo. Onze minutos mais tarde, foi a vez de José Roberto ampliar para o Afogados. Wesley, no primeiro minuto da segunda etapa, e César, aos 18, deram números finais ao jogo.
Com informações da FPF/PE