terça-feira, 17 de outubro de 2017

Náutico deixa escapar vitória e apenas empata com CRB fora de casa

(Crédito: Pei Fon / Portal TNH1)

Gazeta Esportiva
O Náutico esteve muito perto de uma vitória fora de casa na noite dessa terça-feira. No estádio Rei Pelé, o Timbu esteve à frente no placar por duas vezes, mas acabou cedendo o empate ao CRB. No fim, 2 a 2 em Alagoas pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B. O placar acabou sendo melhor para os donos da casa, que ficam com 37 pontos, sob alerta, próximo à zona de rebaixamento. Porém, para os pernambucanos a situação é de desespero. Com 27 pontos, o time é o penúltimo colocado na tabela de classificação, a oito pontos da primeira equipe fora do Z4.
Ciente da grande oportunidade de deixar a zona da degola para trás, o CRB iniciou o clássico nordestino com uma verdadeira blitz no ataque. João Paulo, Edson Ratinho e Zé Carlos levaram perigo com chutes de fora da área e bolas aéreas nos primeiros minutos.
Mas, na primeira vez que conseguiu sair da pressão do Galo, o Náutico foi fatal. O lateral Sueliton arriscou jogada individual e mandou para o gol de muito longe. A bola quicou e Edson Kolln acabou falhando feio.
A vantagem dos visitantes, no entanto, não durou até o intervalo. No último minuto do primeiro tempo, João Paulo arriscou mais um chute de fora da área e dessa vez foi muito feliz. Mandou a bola no ângulo cruzado de Jefferson e fez um golaço. Tudo igual.
Na etapa final, o confronto ficou amis equilibrado, o CRB não teve força física para manter o mesmo ritmo. Dessa forma, de novo o Timbu ficou à frente no placar. Bruno Mota aproveitou vacilo de Boaventura e escorou cruzamento de Leilson.
Parecia que o Náutico, enfim, ia levar os três pontos para casa, mas a alegria durou apenas três minutos. Jefferson saiu muito mal do gol na tentativa de cortar o cruzamento vindo de um lateral e a bola sobrou para Neto Baiano. O artilheiro girou e mandou para as redes.
Agora, as duas equipes focam as atenções na próxima rodada. Enquanto o Náutico receberá o ABC na sexta, o CRB jogará de novo em casa, contra o Boa Esporte no mesmo dia.
FICHA TÉCNICA
CRB 2 X 2 NÁUTICO

Local: Estádio Rei Pelé, em Maceió (AL)
Data: 17 de outubro de 2017, terça-feira
Horário: 21h30 (horário de Brasília)
Árbitro: Wanderson Alves de Sousa (MG)
Assistentes: Sidmar dos Santos Meurer (MG) e Magno Arantes Lira (MG)
Cartões amarelos: CRB: João Paulo. NÁUTICO: Rafinha, Leilson

GOLS:
CRB: João Paulo, aos 47 minutos do 1T, e Neto Baiano, aos 39 minutos do 2T.
NÁUICO: Sueliton, aos 27 minutos do 1T, e Bruno Mota, aos 36 minutos do 2T

CRB: Edson Kolln; Edson Ratinho, Flávio Boaventura, Adalberto e Diego; Olívio, Yuri (Pedro Botelho), Danilo Pires e Elvis (Erick Salles); Pablo e Zé Carlos (Neto Baiano)
Técnico: Mazola Júnior

NÁUTICO: Jefferson; Sueliton (David), Rafael Ribeiro, Aislan e Manoel; Amaral, Renan Paulino, Cal Rodrigues (Gerônimo) e Giovanni; Bruno Mota e Rafinha (Leilson)
Técnico: Roberto Fernandes

Quarta-feira de decisão pela Série A2 do Pernambucano


A última rodada da primeira fase do Campeonato Pernambucano Série A2 acontece nesta quarta-feira (18), com quatro confrontos decisivos para a etapa seguinte. A definição das posições podem deixar menos árduo o caminho a ser percorrido no mata-mata. Por exemplo, os primeiros colocados de cada grupo enfrentarão as últimas equipes que se classificarem do outro.

Estão na briga pela liderança do grupo A, Vera Cruz, Íbis e Cabense. Em caso de empate entre o Galo das Tabocas e o Pássaro Preto, o Azulão do Cabo, caso vença o seu confronto, assume a ponta e vai pegar o 4º colocado da outra chave. Já pelo grupo B, assumirá a 1ª posição o vencedor do embate entre Pesqueira e Decisão. Caso o empate persista, o Pesqueira é quem leva.

Confira os jogos da rodada:

15h  - Gonzagão -  Vera Cruz X Íbis
15h  - Gileno de Carli -  Cabense X Centro Limoeirense
20h  - Joaquim de Brito -  Pesqueira X Decisão
20h -  Antônio Inácio  - Porto X Sete de Setembro

do site da FPF/PE

FPF apresenta bola do Pernambucano 2018

Folha PE

Pelo seu 11º ano consecutivo, o Campeonato Pernambucano terá a Penalty produzindo a bola oficial da competição. O modelo da redonda foi apresentado nesta terça-feira (17) pela Federação Pernambucana de Futebol (FPF).

A pelota será a mesma usada no Estadual 2017, o modelo S11 Campo Pró, porém a cor predominante da bola da competição que se inicia em 17 de janeiro será rosa. Segundo a fabricante, o objeto tem zero de absorção de água. 

Jesus marca, Manchester City vence e segue 100% na Liga dos Campeões


LANCE!

A campanha do Manchester City na Liga dos Campeões segue vitoriosa. Na tarde desta terça-feira, o time de Guardiola venceu o Napoli por 2 a 1 e segue na liderança do Grupo F, com 9 pontos. Sterling e Gabriel Jesus marcaram os gols do City, enquanto Diawara diminuiu para os italianos.

A partida começou melhor para o Manchester City, mais ofensivo jogando em casa. Por ser visitante, o Napoli ainda hesitava mais, e o time de Pep Guardiola logo percebeu a fraqueza do adversário. Usando a pressão alta para roubar bolas no campo adversário, os donos da casa construíram uma bela jogada no primeiro gol da partida.

Aos 9 minutos de jogo, David Silva recebeu lançamento na ponta esquerda e fez jogada individual. O espanhol cruzou rasteiro e Gabriel Jesus tentou o chute, mas a bola explodiu na trave. No rebote, Sterling só empurrou para o gol livre.Tirar o zero do placar animou a equipe do Manchester City, que seguiu pressionando a saída de bola e não deixando espaço para o Napoli jogar. Poucos minutos depois, De Bruyne avançou com a bola pela direita, entrou na área, cruzou rasteiro e Gabriel Jesus completou para o fundo das redes. A vantagem no placar não diminuiu a intensidade do Manchester City, que continuou a assustar o goleiro Reina. 

Kevin De Bruyne chegou a explodir uma bola no travessão, mas ela quicou no gramado e não entrou. Na sequência, Gabriel Jesus arriscou um chute ainda caído e o zagueiro Koulibaly salvou em cima da linha.Aos 37, Kyle Walker agarrou Raúl Albiol na área e o juiz assinalou corretamente o pênalti para o Napoli. Mertens foi para a cobrança mas bateu muito mal, no meio do gol, e o goleiro brasileiro Ederson não teve dificuldades para defender.

Já na etapa final, a intensidade da partida caiu e o Manchester City apenas se propôs a manter a posse da bola. Com o recuo dos citizens, o Napoli começou a se animar na partida, mas pecava na criação das jogadas. Quem chegou mais perto do gol foi o City com De Bruyne: em cobrança de falta, o belga quase colocou a bola lá dentro, mas Pepe Reina foi buscar e fez grande defesa.

Aos 27 minutos, o Napoli ganhou mais uma chance de de diminuir o placar. Fernandinho derrubou Faouzi Ghoulam na área e o juiz assinalou mais um pênalti para o time italiano. Dessa vez, Amadou Diawara foi para a cobrança e chutou forte no canto direito, sem chance para Ederson.

Com cinco minutos de acréscimos, o Napoli até tentou empatar, mas esbarrou na defesa do Manchester City e na falta de pontaria dos seus atacantes. Vitória dos citizens, que seguem 100% na Liga dos Campeões.

Série B: Internacional apenas empata com Boa Esporte

(Ricardo Duarte/Internacional)

(PLACAR) - Nesta terça-feira, o líder da Série B, Internacional, apenas empatou sem gols com o Boa Esporte, agora 12° colocado, em Varginha, na abertura da 30ª rodada.

O jogo foi equilibrado, mas o time mineiro, jogando em casa, esteve ligeiramente melhor. A melhor chance do Internacional veio aos 44 do segundo tempo, com William Pottker, que acabou chutando para fora.

Com o resultado, o Inter vai a 58 pontos e pode voltar a ficar apertado pelo América-MG, segundo colocado, que em caso de vitória contra o Brasil, em Pelotas, chega a 57.

Guarani pode entrar na zona de rebaixamento

Jogando no Brinco de Ouro contra o lanterna ABC, o Guarani não saiu de um empate por 1 a 1. Richarlyson fez 1 a 0 para os paulistas logo no começo do primeiro tempo, mas Vitor Júnior empatou antes do intervalo. Pouco depois do gol, Bruno Mendes recebeu o segundo amarelo e foi expulso pelo lado dos paulistas.

Com o empate, o Guarani chegou aos 35 pontos e pode ser ultrapassado pela Luverdense, primeiro time na zona de rebaixamento, caso os mato-grossenses vençam o Paysandu em casa.

Vila Nova vence em Criciúma e encosta no G4 da Série B

Gazeta Esportiva
O Vila Nova conseguiu uma importante vitória na noite dessa terça-feira, longe de seus domínios. No estádio Heriberto Hülse, os goianos fizeram 1 a 0 no Criciúma pela 30ª rodada do Campeonato Brasileiro da Série B e encostaram de vez no G4. Agora, o Vila Nova soma 50 pontos, apenas dois a menos que o Paraná, primeira equipe dentro do pelotão do acesso à elite. Já os catarinenses caíram para a nona colocação, com 42 pontos, e perderam a chance de manter a esperança se subir à Série A em 2018 mais palpável.
O gol que definiu o confronto foi marcado logo aos 13 minutos, depois de um bombardeio dos visitantes. Mateus Anderson acertou o travessão em chute da entrada da área, Fernando Medeiros ficou com o rebote e exigiu grande defesa de Edson, mas, de novo a bola sobrou para o Vila, que com Alípio abriu o placar.
Só no fim do primeiro tempo é que o Tigre conseguiu responder. Alemão por pouco não marcou um gol contra. Wesley Matos salvou o companheiro e o time antes do intervalo. Aos 45, Luis Carlos também apareceu para evitar um golaço de falta de Alex Maranhão.
No segundo tempo, o Criciúma até tentou exercer uma pressão em busca do empate, mas o Vila Nova, apoiado na vantagem, se segurou bem, não chegou a sofrer grandes riscos e viu o domínio dos catarinenses ficar mais evidente apenas na questão de posse de bola.
Dessa forma, os três pontos foram para Goiânia. Na próxima rodada o Criciúma terá mais um duelo em casa para se recuperar. O adversário será o líder Internacional, sábado. No mesmo dia o Vila Nova receberá o Oeste no Serra Dourada.

Tite convoca a Seleção Brasileira para amistosos

(Créditos: Rener Pinheiro / Mowa Press)

O técnico Tite anunciará nesta sexta-feira (20) a lista de jogadores que farão parte da Seleção Brasileira nos próximos dois amistosos: contra Japão e Inglaterra, nos dias 10 e 14 de novembro, respectivamente.

O anúncio da lista será na sede da CBF, no Rio de Janeiro, às 11h (horário de Brasília).
A partida contra a seleção japonesa será em Lille (França), enquanto o estádio de Wembley, em Londres, será o palco da partida contra os ingleses.

O credenciamento dos jornalistas será realizado entre 9h30 e 10h45 direto na sede da CBF. Como de costume, após a divulgação da lista, haverá entrevista coletiva. 

do site da CBF

Em situação delicada, Santa Cruz empata com Oeste


A crise do Santa Cruz parece não ter fim. No Arruda, nesta terça-feira, o time lutou e conseguiu o empate no final contra o Oeste, por 2 a 2. Mas o resultado, dentro de casa, é mais um tropeço da Cobra Coral na Série B. A equipe segue na 18ª posição, na zona de rebaixamento. Já o Oeste fica em sexto, ainda na busca pelo G-4. Os gols do Santa foram de Grafite e João Paulo. Os do Oeste tiveram Mazinho como autor.

Com 48 pontos, o Oeste está a quatro pontos do quarto colocado, o Paraná. Na próxima rodada, joga novamente fora. O adversário é o Vila Nova, que está uma posição acima na tabela. Já o Santa vive situação desesperadora. É o 18º e está a cinco pontos do primeiro fora da zona. No sábado, visita o Brasil de Pelotas.

O Oeste adotou uma tática arriscada. Decidiu esperar o Santa Cruz tomar a iniciativa e procurar o contra-golpe. Podia ter dado errado se os tricolores tivessem aproveitado as chances que tiveram. Isso, porém, não aconteceu. E os visitantes foram mais eficazes. Contaram com a baixa produção do setor ofensivo coral e marcaram com Mazinho, de pênalti.

O segundo tempo, em termos de proposta, foi parecido com o primeiro. Atrás no placar e com a necessidade desesperada da vitória, o Santa se atirou para cima do retraído Oeste. Em um primeiro momento, deu certo. Grafite empatou de pênalti. O Arruda se animou porque, áquela altura, a Cobra Coral tinha um jogador a mais. William Cordeiro fora expulso minutos antes.

Atrás no placar e com a necessidade desesperada da vitória, o Santa se atirou para cima do retraído Oeste. Em um primeiro momento, deu certo. Grafite empatou de pênalti. O Arruda se animou porque, àquela altura, a Cobra Coral tinha um jogador a mais. William Cordeiro fora expulso minutos antes. Mas, quando a fase é ruim, não tem jeito. Pouco depois, Mazinho fez jogada individual na ponta esquerda e desempatou o jogo. A equipe do Recife ainda empatou de novo, com João Paulo, e pressionou até o fim, mas não conseguiu a virada.

do Globo Esporte